Criação ProfissionalQuanto Custa?

Preço de Golden Retriever filhote: 2011

Uma das perguntas mais comuns que recebemos no nosso site é a respeito do preço do Golden Retriever, principalmente quanto custa o filhote de Golden Retriever.

Em 2009 escrevemos um artigo a respeito e desde então as coisas já mudaram um pouco e o preço está mais elevado.

Apenas para retomar o raciocínio de como calculamos o custo aproximado de se ter uma ninhada de Golden Retriever, juntamos duas partes: o custo de ter a fêmea (mãe dos filhotes de Golden) ao longo de toda a sua vida, dividido pelo número de filhotes em média que ela pode gerar de forma saudável e a isso somamos o custo individual de cada ninhada.

Uma fêmea pode ter em torno de 4 ninhadas durante toda a sua vida e apesar da média de nascimento de filhotes ficar em torno de 6 filhotes por ninhada, estamos usando 8 como o número médio. Lembrando: a média é na verdade menor do que isso o que nos demonstraria um preço ainda mais caro.

Todos os valores são aproximados e em muitas vezes os criadores sérios acabam tendo custos ainda mais elevados.

Manter uma criação de qualidade de qualquer cão requer muita dedicação, muito investimento financeiro e também de tempo, que é o nosso recurso mais precioso e que não entra nas contas abaixo.

Vamos então ver quanto custa um Golden Retriever, atualizados com os custos em 2011?

Custos estimados com a matriz em 2011
Gastos estimados com a ninhada em 2011

Reparem que apenas em custos básicos temos R$915,00 + R$760,09, o que faz com que o filhote tenha um preço mínimo de R$1.675,09.

Esse valor porém não inclui uma série de outros gastos como funcionários e encargos trabalhistas, produtos de limpeza, contas de água e luz, emergências veterinárias, jornal, sacos de lixo e assim por diante.

Em geral em 2011 pode-se esperar pelo menos R$2.000,00 por um filhote de Golden Retriever.

Menos do que isso é provável que o filhote não tenha sido criado em um ambiente saudável e sua mãe não tenha recebido os cuidados necessários ao longo de sua vida.

Fique atento pois nesses casos o barato definitivamente sai caro: os custos de se cuidar de um cão doente ou os prejuízos causados em decorrência são muito maiores do que investir desde o começo numa boa relação com um criador sério da raça.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios